Estudando com DII

Se estiver na escola ou universidade, há algumas coisas que você pode fazer para ajudar a lidar com sua doença inflamatória intestinal (DII) e ainda ter bons resultados nos estudos.

Na escola

Seus pais podem já ter avisado a sua escola sobre sua doença de Crohn ou retocolite ulcerativa (Doença Inflamatória Intestinal (DII)), mas talvez você também queira falar com seu professor sobre:

  • O apoio extra que possa precisar - por exemplo, mais tempo para prazos finais, capacidade de fazer trabalhos em casa e poder ir ao banheiro mais frequentemente durante as aulas
  • O que você está passando
  • Qualquer problema com a comida da escola - talvez você precise comer durante a aula ou nem sempre poder comer o que a escola oferece

Conversar abertamente com seu professor pode ajudar sua escola a lhe dar apoio. Peça ao seu pai ou mãe ou a um amigo para ir com você, se isso for facilitar a conversa. 

Indo para a universidade

Ir para uma universidade é uma grande conquista e uma oportunidade emocionante. Se você tem DII, você pode estar se perguntando como irá lidar com a condição em um novo ambiente, principalmente se estiver se mudando para longe de casa.

Eu tenho de contar na universidade que tenho DII?

Você não precisa informar sua universidade ou faculdade sobre sua condição. No entanto, pode ser benéfico para você lhes informar para que você possa ter apoio.

Tudo o que contar à universidade será mantido em sigilo e nenhuma informação será passada adiante sem seu consentimento.

Que tipo de apoio as universidades oferecem?

Dependendo de onde você está e qual tipo de universidade você está indo haverá diferentes opções para ajudá-lo(a) com sua condição.

Uma maneira de descobrir que tipo de ajuda e apoio está disponível é entrar em contato com o Serviço para Alunos com Deficiência da universidade ou faculdade (embora o nome possa variar). Embora você não esteja registrado como uma pessoa com deficiência, ter DII pode significar que você tem necessidades especiais e que você poderia se beneficiar com o apoio oferecido para essas pessoas.

De um modo geral, se você tem uma condição médica crônica, como DII, haverá provisões para:

  • Tempo extra para exames ou para atender os prazos finais dos cursos quando a fadiga for um problema
  • Preparativos para permitir que você coma ou toma sua medicação durante as aulas
  • Compreender que você talvez precise de pausas para ir ao banheiro durante aulas ou palestras

Como posso me ajudar?

Há uma série de coisas simples que você pode fazer para facilitar sua vida na universidade ou faculdade.

  • Sente-se próximo à saída durante aulas ou palestras para que possa sair rapidamente se precisar
  • Se tiver um armário, mantenha roupas extras em caso de acidente
  • Como sempre, leve sua medicação com você e a tome normalmente. Se ficar preocupado em tomar a medicação durante aulas, seminários ou palestras, converse com seu tutor pessoal ou alguém do departamento

Também pode ajudar conversar com seu tutor pessoa ou alguém do departamento de apoio ao estudante. Embora você possa se sentir constrangido, é provável que seu departamento esteja bastante acostumado em acomodar alunos com condições crônicas. Explicar sua situação a membros da equipe que lhe dará aula (mesmo se for indiretamente através da conversa com seu tutor pessoal) ajudará a aumentar a compreensão sobre sua situação para que possa obter o apoio adequado e as devidas providências sejam tomadas. Isso também garantirá que você não será visto(a) como "preguiçoso(a)" se se ausentar das aulas devido à doença e significa que a equipe poderá lhe dar acesso aos materiais que perdeu durante esse período.

Talvez você queira discutir os seguintes assuntos com seu tutor pessoal:

  • Onde estão os banheiros e descobrir como conseguir permissão para usar banheiro de funcionários, se necessário e se estes estiverem disponíveis
  • Atrasos - Os membros da equipe devem estar cientes de que você poderá se atrasar algumas vezes por causa da sua DII
  • Comer entre os intervalos - Talvez você precise se alimentar durante aulas / seminários se tiver de comer pequenas porções regularmente
  • Falta por doença ou para ir a consultas médicas - Durante uma crise ou quando não estiver se sentindo bem ou cansado(a), talvez você perca algumas aulas. Descubra qual a melhor maneira de acompanhar as aulas dadas
  • Viagens - Caso faça alguma viagem, certifique-se de que o organizador saiba sobre sua DII e haja provisões adequadas para banheiros durante a viagem e nas acomodações

Preocupa-me mudar para longe de casa

A maioria das pessoas com DII consegue viver de forma independente. Com algum planejamento, você deve conseguir se mudar com confiança.

Há uma série de opções de acomodação - cada uma com suas próprias dúvidas:

Residência no campus ou halls: Verifique quantas pessoas irão compartilhar o banheiro com você e se há a possibilidade de você ter uma suíte ou um banheiro particular. Alguns halls fornecem refeições enquanto outros oferecem cozinhas. O hall ou bloco tem lavanderia, caso contrário, há uma lavanderia por perto?           

Compartilhando uma acomodação: Compartilhar um apartamento ou uma casa ou alugar um quarto pode fazer você se sentir mais "em casa" do que em acomodação estudantil. Se tiver de compartilhar um banheiro, verifique se as instalações são próximas de seu quarto e quantos alunos utilizarão o mesmo banheiro.

Preocupa-me o estresse da universidade sobre minha DII

A vida universitária pode ser estressante, com prazos, trabalhos e exames. Se sua DII piora com o estresse, você precisará prestar mais atenção para garantir que não fique muito estressado.  Tente controlar seu ritmo e descubra maneiras de ajuda-lo a relaxar, como praticar atividade física regularmente, exercícios de respiração ou yoga.

Devo contar aos outros alunos?

Você conhecerá muitas pessoas novas na universidade e você decidirá se contará ou não sobre sua DII. Cada um tem uma maneira de lidar com isso. Talvez você queira conhecer as pessoas primeiro, antes de contar ou talvez você queira se abrir logo de cara. Realmente só depende de você.

Independentemente de sua decisão, pode ajudar pensar sobre como você explicará sua condição a uma nova pessoa. De um modo geral, mantenha a explicação simples e resumida sobre o que é DII e, mais importante, sobre como ela pode te afetar.

Você poderá descobrir que contar a algumas pessoas pode ser um alívio e você poderá se sentir mais amparado(a). Se as pessoas entenderem pelo quê está passando, elas podem ajuda-lo(a) mais.

Feedback